Cirurgia de Adenóide e Amigdala

Adenóides são formadas por um tecido similar ao das amígdalas, que estão situadas na parte posterior do nariz. Não são visíveis quando se inspeciona a boca porque ficam escondidas atrás do palato. Junto com as amígdalas podem sofrer desde processos infecciosos até tumorais. As mais freqüentes são as inflamações provocadas por infecções virais ou bacterianas (por exemplo, amigdalites).

Quando é necessária a cirurgia?

Quando este acúmulo é muito grande pode chegar a tampar a passagem de ar desde a fossa nasal até a laringe, obrigando a criança a respirar através da boca (respiração bucal). Quando isso ocorre pode haver complicações como infecções do ouvido, infecção de repetição de garganta, bronquite, roncos noturnos, dificuldade para dormir um sono tranqüilo. Nestes casos se indica a operação para remover as adenóides (adenoidectomia) e ou adenoamigdalectomia .

  • Nariz entupido com frequência
  • Ronco noturno constante
  • Infecções repetidas da garganta, do nariz e dos ouvidos (amigdalites, sinusites ou otites)
  • Respiração pela boca
  • Dificuldade de se alimentar e/ou ganhar peso
  • Mal hálito

A cirurgia de adenoide e amígdalas  é feita com anestesia geral e dura ceca de 30  a 60 minutos. As adenoides e amígdalas, que geralmente são retiradas juntas, são removidas pela boca

Cuidados Pós Operatórios

Crianças submetidas a adenoamigdalectomia costumam se recuperar muito bem. Já em adultos, trata-se de um pós-operatório bem mais chato. Alguns cuidados devem ser observados para a boa recuperação.

  • Alimentação líquido-pastosa fria ou gelada nos três primeiros dias. Sorvete batido tipo milk-shake, sopa fria, sucos de frutas não cítricas, mingau frio. No quarto dia alimentos mais consistentes,  mornos, como purê de batata, caldo de feijão, macarrão com molho de tomate, etc. No sétimo dia em diante alimentação normal, evitando ingerir alimentos crocantes( pão , batata frita , pão de queijo) ou que possam machucar a garganta ainda em cicatrização, como certos biscoitos.
  • Repouso em casa por 7 dias: sem brincadeiras que incluam corridas ou grande agitação. Optar por atividades mais calmas como, leitura, televisão, filmes, jogos de cartas, etc.
  • Esforços físicos mais vigorosos, educação física, natação, futebol e outros esportes estão proibidos por cerca de 30 dias ou até o cirurgião verificar a completa cicatrização da área.
  • Nos três primeiros dias escovar apenas os dentes da frente, evitado o contato da escova com a área operada. Não gargarejar ou bochechar com força.
  • Febre de até 38 graus pode ocorrer nos dois primeiros dias, e muitas vezes não significam sinal de infecção.
  • Salivação e discreta eliminação de secreção nasal com raias de sangue podem ocorrer nas primeiras 24 horas. O médico deverá ser comunicado em caso de sangramento ativo (sangue vivo).
  • Em alguns casos podem ocorrer vômitos com ou sem coágulos (sangue pisado) nas primeiras 24 horas, que são decorrentes da deglutição de sangue da cirurgia. Entretanto qualquer eliminação de sangue vermelho-vivo deve ser comunicada à equipe médica.
  • Dores na garganta e de ouvido, semelhantes as que ocorrem na amigdalite, são comuns. Conseguimos reduzi-las com analgésicos em doses regulares.