Saiba mais sobre Otites

Otite refere- se à inflamação do ouvido. Esta pode ser dividida em externa e média. A otite externa acomete a pele do canal auditivo e a otite média acontece na mucosa posterior do tímpano. Essa diferenciação será primordial para a base do tratamento.

A otite externa manifesta-se geralmente com coceira, dor, secreção mínima no conduto, inchaço periauricular e diminuição leve da audição.

Os fatores predisponentes para essa afecção são: exposição do ouvido a locais quentes e úmidos, remoção da camada protetora de cerúmen (uso errôneo de cotonetes), traumas com objetos dentre outros.

O tratamento da otite externa deve ser feita com limpeza adequada e uso de gotas otológicas.

A otite média manifesta-se por otalgia (dor no ouvido), febre, redução importante da audição, saída de grande quantidade de secreção (quando ocorre a perfuração da membrana timpânica). Importante salientarmos que crianças com menor idade poderão apresentar apenas irritabilidade, vômitos e perda de apetite.

Os fatores que levam a infecção do ouvido médio são: aumento do tamanho das adenóides, rinite alérgica, ingresso precoce em creches e berçários, alergias alimentares, doença do refluxo gastro esofágico, exposição à fumaça de cigarro, ausência de aleitamento materno e infecções de vias aéreas superiores.

O tratamento é feito habitualmente com uso de anti-inflamatórios, analgésicos e antibióticos por via oral.

Paciente com quadro de otites recorrentes sendo elas externa ou médias deverão procurar o profissional otorrinolaringologista para melhor acompanhamento, investigação dos fatores predisponentes e avaliação da função auditiva.

Os pais deverão ficar atentos em problemas auditivos caso seus filhos apresentem diminuição do rendimento escolar, irritabilidade e atraso na linguagem.