Pólipos Nasais

Os pólipos nasais são formações carnosas da membrana mucosa nasal.

Os indivíduos com alergias que afetam o nariz (rinite alérgica) tendem a apresentar pólipos nasais. Estes também podem desenvolver-se durante infecções e podem desaparecer após o término da infecção.

Normalmente, os pólipos crescem em áreas onde a membrana mucosa inflamou devido a um acúmulo de líquido, como a área em torno das aberturas dos seios na cavidade nasal. Um pólipo apresenta uma forma de lágrima durante o seu desenvolvimento e assemelha-se a uma uva descascada sem semente quando amadurece.

O uso de um spray nasal em aerossol contendo corticosteróides faz com que os pólipos atrofiem ou desapareçam.

A cirurgia é necessária quando os pólipos obstruem a via respiratória, quando causam sinusites (infecções dos seios da face) freqüentes, quando obstruem a drenagem dos seios ou quando estão associados a tumores.

Os pólipos apresentam uma propensão a voltar a crescer, exceto quando a alergia ou infecção subjacente é controlada. No entanto, o uso de um spray de corticosteróide em aerossol pode retardar ou mesmo impedir a recorrência. Nos casos recorrentes e graves, a cirurgia é realizada para melhorar a drenagem do seio e r emover o material infectado.

Formação de Pólipos no Nariz

Geralmente, os pólipos formam-se na área onde os seios da face abrem-se na cavidade nasal, podendo obstruir a drenagem dos mesmos. Pode ocorrer o acúmulo de líquido nos seios obstruídos, causando uma sinusite (infecção do seio).