Neste artigo vamos explicar em detalhes o que é, quais as causas, e sintomas da Apneia do Sono.

O que é Apneia do Sono?

A apneia do sono é um distúrbio do sono, que consiste em parar de respirar durante alguns segundos enquanto dorme, e isto ocorre várias vezes na noite.

Podendo diminuir drasticamente a qualidade do sono, e o bem estar das pessoas com este quadro.

Há dois tipos de apneias, a primeira e mais comum é apneia obstrutiva do sono, e a outra é apneia central do sono.

Por ocorrer durante a noite, muitas das pessoas que têm apneia não tem consciência da doença.

Porém, é importante saber quais as causas para evitar.

Quais as principais causas?

Apneia Obstrutiva do Sono

A principal causa é a obstrução do canal respiratório, como por exemplo, obesidade, aumento das amígdalas, circunferência do pescoço e alterações craniofaciais.

Apneia Central do Sono

A principal causa é a insuficiência cardíaca, porém também pode ocorrer mais raramente em paciente que tiveram acidente vascular cerebral (AVC), bem como lesão traumática do tronco e uso de opióides (remédio para dor).

Além das principais causas é importante conhecer os principais fatores de risco.

Quais os principais fatores de risco?

Os principais fatores de risco da apneia obstrutiva do sono são:

  • Excesso de peso;
  • Circunferência do pescoço;
  • Estreitamento das vias aéreas;
  • Histórico familiar;
  • Etnia;
  • Consumo de álcool;
  • Alteração hormonal;
  • Congestão nasal;

Os principais fatores de risco da apneia central do sono são:

  • Distúrbios cardíacos;
  • Acidente vascular cerebral;
  • Tumor cerebral;

Todos estes fatores podem levar a pessoa a ter dificuldade para respirar durante a noite e prejudicar a qualidade do sono.

Alguns sinais podem ser percebidos pelo próprio paciente ou alguém próximo indicando um possível quadro de apneia do sono.

Quais os sintomas da apneia do sono?

Entre os principais sintomas da apneia do sono estão:

  • Hipersonia (sonolência excessiva durante o dia);
  • Ronco Alto;
  • Acordar abruptamente com falta de ar;
  • Despertar com a boca seca;
  • Cefaleia matinal (dor de cabeça);
  • Insônia;
  • Déficit de Atenção;
  • Irritação, nervosismo e impaciente durante o dia;
  • Ter esquecimentos;

Se você notar alguns destes sinais em você ou em alguma pessoa próxima vá ao médico ou indique que a pessoa consulte algum.

É importante procurar um otorrinolaringologista para realizar um diagnóstico mais preciso sobre seu quadro.

Lembrando que o diagnóstico é o primeiro passo para um possível tratamento.

Se este conteúdo te ajudou a entender melhor a apneia do sono, compartilhe com amigos nas redes sociais e ajude ele também a entenderem melhor.

Caso tenha ficado com alguma dúvida entre em contato conosco, estamos à disposição para responder.